O que me faltava para ganhar (ainda) mais dinheiro na internet

Quem lê o meu blogue sabe que já ando na internet desde 1999 e cedo começei a investigar como ganhar dinheiro na internet com os meus sites. Mas só a partir de 2008 é que me iniciei a sério neste mundo e começei a ganhar cada vez mais dinheiro pela internet. Os resultados têm sido surpreendentes, como se pode ler nos resultados de 2009 e 2010. Em 2011 os resultados já levam um crescimento superior a 100%.

Em 2010 iniciei-me com o E-Mail Marketing, através da Aweber. Como podemos experimentar o 1º mês por apenas 1$ eu decidi arriscar. E quando me inscrevi sabia que iria ficar mais que um mês, pois o 2º mês custa apenas 19$ (até 500 subscritores) que são 14€.

Mas só em 2011 é que consegui encontrar uma formula para aumentar exponencialmente os meus ganhos na internet! Tudo graças à Aweber e Netaffiliation!

O que é a Aweber?

É uma plataforma de gestão de contactos, e-mail marketing e newsletters. Como enviar e-mails em massa e sem autorização das pessoas é considerado SPAM, devemo ter uma forma de garantir que os visitantes do nosso site se inscrevam e aprovem o envio de e-mails. E as plataformas e programas de afiliados não permitem envio de e-mails não autorizado.

Com a Aweber podemos colocar formulários (estáticos na sidebar ou em pop-up em fading) no nosso site, cativando os visitantes a inscreverem-se na nossa mailing list. Automaticamente a Aweber envia um e-mail de confirmação ao subscritor. Ele terá de confirmar através do seu e-mail se inscreve na nossa mailing list. Isto serve para verificar também o endereço de e-mail.

O subscritor fica registado na nossa lista de mailing e poderá receber e-mails nossos das mais variadas formas e temas.

Como funciona o envio de e-mails na Aweber?

Nesta plataforma podemos enviar 3 tipos de e-mails. Os follow-ups, os broadcast e o blog broadcast.

O follow-up é um e-mail enviado automaticamente após X dias, configurado por nós. Normalmente o primeiro e-mail de follow-up que enviamos é um e-mail de boas vindas e a agradecer a inscrição na Newsletter. Após isso podemos enviar uma série de tutoriais, divulgar produtos relacionados com o nosso site ou promover programas de afiliados. Deste modo, se configurarmos 10 e-mails de follow up, a enviar com 1 mês de intervalo, os nossos subscritores quando se inscrevem vão receber um e-mail por mês durante quase um ano, sem nós fazermos mais nada.

O follow-up permite gerar rendimento passivo através do envio automático de e-mails. Ou seja, não precisamos de estar a enviar e-mails separados a cada pessoa ou e-mails em massa todos os meses. Basta configurar estes e-mails de follow-up na nossa newsletter.

Os Broadcast são e-mails individuais que podemos enviar. Estes temos de escreve-los e configurar individualmente, sempre que quisermos enviar um e-mail. São ideais para divulgar produtos que surgem como novidade. Podemos depois configurar um novo follow-up com esse conteudo.

O Blog Broadcast é um e-mail que pode ser usado para enviar as novidades ou novos posts de um blogue. Configuramos o blog broadcast com o feed do nosso site e sempre que colocamos um post, a Aweber vai enviar este post automaticamente aos nossos subscritores.

Mas qual o segredo?

Também podemos configurar muitas outras opções na Aweber. Uma das opções que me passou a dar um bom rendimento foi os e-mails de resposta automática quando uma pessoa subscreve e confirma a newsletter.

A Aweber permite re-enviar um subscritor para uma página à nossa escolha quando ele se inscreve na nossa Newsletter por um certo formulário. Permite ainda reenviar o subscritor para outra página quando ele confirma a subscrição, após receber o e-mail.

Podem ver na imagem em baixo essa opção.

Embora já conhecesse essa opção, só passado alguns meses é que encontrei um programa de afiliados, para onde reencaminho os subscritores, que converte muito bem! Fica também uma imagem da minha conta da Netaffiliation para o programa em questão:

O segredo está em conseguir encontrar um bom programa de afiliados que converta com o tema do nosso site. Após algumas tentativas, descobri um na Netaffiliation que converte bastante bem e fez subir os meus bons rendimentos da Netaffiliation.

A Aweber foi uma das melhores compras que fiz em 2010 e que tem feito render muito! Neste momento já tenho quase 10.000 subscritores e já pago 69$ por mês. Portanto imaginem como consigo lucrar mesmo pagando este 69$ (cerca de 50€) por mês.

Inscrevam-se na Aweber e testem por 1$ no 1º mês.

5 comentários to “O que me faltava para ganhar (ainda) mais dinheiro na internet”

  1. Novembro 8, 2011 at 1:38 am #

    Olá Estevão!

    Realmente como dizem o dinheiro está na lista! rs
    Comecei a usar a aweber e estou impressionado com a facilidade e opções de formulários,etc.
    Agora s´falta alguém se disponibilizar para traduzir todo o site e suas ferramentas para o português,ai sim vai chover pessoas assinado a aweber rs.

    Abraço!

  2. Novembro 8, 2011 at 1:42 am #

    Esqueci de dizer que desde o começo que recebo sua newsletter,que provavelmente é o Blog Broadcast,aparece assim no meu email:

    O que me faltava para ganhar (ainda) mais dinheiro na internet
    2011-11-02 13:18:22-04

    Quem lê o meu blogue sabe que já ando na internet desde 1999 e cedo começei a investigar como ganhar dinheiro na internet com os meus sites. Mas só a partir de 2008 é que me iniciei a sério neste mundo e começei a ganhar cada vez mais dinheiro pela internet. Os resultados têm sido [...]
    leia mais http://feedproxy.google.com/~r/Infodinheirocom/~3/FALqUK_y8Pg/

    Viu fica o link do feedburner,não sei se isso é um erro,toda vez tenho que copiar e colar no navegador.Para mi não há problema,agora para os leigos vai saber rs.

    Abraço!

  3. Estevao
    Novembro 8, 2011 at 3:55 pm #

    Olá Rafael,
    O inglês acaba por ser universal mas se traduzissem para outras línguas talvez tivessem mais clientes!

  4. Estevao
    Novembro 8, 2011 at 3:56 pm #

    Rafael, eu coloquei o feed do feedburner. Eu quando clico vai directo para o artigo. A ti dá erro?

  5. Novembro 8, 2011 at 11:47 pm #

    Não só tenho que copiar o link e ele direciona para o artigo…

Comente